Casal detido por assalto e agressão a taxista no bairro São Pedro

O homem de 20 anos e uma adolescente de 16 anos foram presos por crime cometido em maio; motorista de 48 anos teve afundamento de calota cranina

iG Minas Gerais | JOHNNY CAZZETA |

A Polícia Civil apresentou, nesta quarta-feira (2), um casal suspeito de roubo premeditado e agressão a um taxista no bairro São Pedro, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

De acordo com investigações do delegado Henrique Canedo, o crime ocorreu no dia 13 de maio. A menor T.X.L., de 16 anos, chamou um táxi na praça da Savassi, e pediu que ele a levasse até uma boate no São Pedro. Ela se sentou no banco de trás, e disse que um amigo iria acompanhá-la. Foi quando Arlee Douglas Lima Rosa, 20, entrou no carro, também no banco de trás.

Ao chegarem à rua São Domingos da Prata, Arlee anunciou o assalto, e pressionou uma faca, que mantinha escondida na manga do moletom que usava, contra o pescoço do taxista. Ele pegou o dinheiro das corridas da vítima no dia, cerca de R$ 180, e a jovem teria então levado o celular e a parte da frente do som do carro.

Ainda de acordo com as investigações, Arlee teria então pegado uma marreta com a jovem, e batido com o objeto na cabeça do taxista. A polícia acredita que o motivo da agressão seria matar a vítima, para evitar que o casal fosse reconhecido. Eles fugiram em seguida.

O taxista, de 48 anos, teve afundamento da calota craniana. Mesmo ferido, ele conseguiu conduzir o carro até um posto de gasolina próximo, onde foi socorrido, e levado para o hospital João XXIII. O homem passa bem mas, segundo a polícia, disse que vai largar a profissão.

Prisão

O casal foi detido nos dias 24 e 25 de junho, no bairro Céu Azul, na região de Venda Nova, onde eles moram. As imagens da fuga de Arlee foram captadas por um circuito de segurança, quando ele seguia em direção à avenida Nossa Senhora do Carmo. A polícia recuperou com ele o celular do taxista e também localizaram as roupas que o suspeito usava no dia do assalto.

Arlee já tem três passagens policiais por furto, e outra por consumo de drogas. A adolescente também já foi detida por consumo de drogas.

Ainda segundo a Polícia Civil, o casal pretendia juntar dinheiro para comprar uma casa. A jovem foi conduzida para o Centro de Internação Provisória São Jeronimo. Arlee foi levado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave