Depois da Copa, Brasil pode receber Mundial de Clubes

Em entrevista à televisão, secretário-geral da Fifa elogiou infraestrutura do País e diz que decisão sairá em dezembro; Emirados Árabes e Índia estão na briga

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

As dúvidas a respeito da capacidade de o Brasil sediar grandes eventos futebolísticos deram lugar a inúmeros elogios vindos da Fifa. E mais que isso: a entidade já pensa até em trazer outras competições para o País. O Mundial de Clubes, considerado a Copa do Mundo dos times, pode acontecer em solo brasileiro em 2017 e 2018.

Em entrevista a um programa do canal Sportv, o secretário-geral da Fifa Jérôme Valcke afirma que o Brasil enfrenta a concorrência de Emirados Árabes Unidos e Índia, mas a estrutura construída para a Copa neste ano pode pesar a favor do País.

“A decisão será em dezembro, quando estaremos no Marrocos para a edição do Mundial de Clubes, nos primeiros dez dias de dezembro. Em 2015 e 2016, será no Japão por causa de acordos já firmados. Em 2017 e 2018, se a minha memória não falha, temos Índia, Brasil e os Emirados Árabes, que são os três países que estão pedindo estes dois anos. Estamos recebendo os documentos e o comitê executivo da Fifa irá decidir em dezembro. O Brasil já tem toda a estrutura para organizar qualquer evento futebolístico. Vamos usar os estádios que já foram usados agora para esta Copa do Mundo”, explicou ele.

Além das doze sedes que receberam jogos neste mês, outro ponto bastante elogiado são os centros de treinamentos, que vêm agradando bastante até as seleções mais exigentes.

“Poucos países do mundo podem dizer que têm tamanha infraestrutura para o futebol. Não apenas nos principais estádios, mas todos os campos de treinamento, pois a Copa do Mundo não são apenas 12 estádios, nós temos aproximadamente três centros de treinamento por cidade. Então, além do principal, temos 36 campos no Brasil para jogar futebol”, completou Valcke.

O Mundial de Clubes geralmente acontece anualmente no mês de dezembro e conta com representantes das seis confederações continentais (Conmebol, Concacaf, Uef, Caf, Afc e Ofc).

Leia tudo sobre: valckefifacopa do mundomundial de clubescandidaturacidades-sedeestrutura