Negociação com sindicato será dia 28

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

No próximo dia 28, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas (Sind-Ute) se reúne com representantes do governo estadual para tentar negociar a situação dos servidores atingidos pela inconstitucionalidade da Lei Complementar 100. De acordo com a coordenadora geral do sindicato, Beatriz Cerqueira, a entidade tem buscado um diálogo com o Executivo e tentado esclarecer questões até então não resolvidas.  

“O governo disse que precisava aguardar a publicação do acórdão para se pronunciar, mas sempre achamos que inúmeras ações já poderiam ter sido tomadas”, afirma. Segundo a sindicalista, uma lista de questões foram enviadas ao governo, que ainda não teria respondido.

“Algumas informações estão incorretas. O governo determinou que os servidores voltassem a ser designados. Mas a decisão do STF é clara. Quem não passou em concurso público perdeu a vaga. Não é tão simples como está sendo dito”, critica Beatriz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave