Hatch está mais equipado e teve a mecânica aprimorada

Modificações no Renault Sandero vão além da aparência; plataforma e motor também foram aperfeiçoados

iG Minas Gerais | Raimundo Couto |

 Inicialmente, hatch será oferecido unicamente com transmissão manual de cinco marchas
Rodolfo BUHRER/Agência La Image
Inicialmente, hatch será oferecido unicamente com transmissão manual de cinco marchas

De Florianópolis. É cada vez maior a concorrência na categoria de hatches compactos, que ainda responde por quase a metade das vendas de veículos no país. Por isso, é importante agregar ao produto o máximo possível de conteúdo. O novo Sandero é oferecido em quatro versões: Authentique 1.0, Expression 1.0 e 1.6 e Dynamique 1.6. A básica vem de série com direção hidráulica, abertura interna do porta-malas e do tanque de combustível, desembaçador traseiro e os obrigatórios airbags frontais e freios ABS. 

A Expression acrescenta vidros dianteiros elétricos, computador de bordo, alarme, CD-player com entrada USB e Bluetooth, além dos retrovisores e das maçanetas pintados na cor do carro. Já a Dynamique adiciona rodas de liga leve de 15 polegadas com pneus 185/65, faróis de neblina, retrovisores com seta, volante revestido de couro, banco traseiro bipartido e comando elétrico para os vidros traseiros e retrovisores, além do piloto automático (herdado do Fluence). A configuração Stepway será lançada em outubro (veja mais na página 2).

A central multimídia é oferecida em um pacote opcional que inclui o ar-condicionado e sensores de ré. O sistema Media NAV 1.2 traz tela touchscreen de sete polegadas integrada ao painel e dispõe das funções Eco-Coaching, que orienta o condutor para dirigir de modo mais econômico, e Eco-Scoring, que avalia a condução do motorista ao fim do percurso, além de GPS e visualização da temperatura externa. Já o ar-condicionado é automático, item inédito no segmento.

Melhorias mecânicas. Um novo subchassi na suspensão dianteira amplia o conforto em pisos irregulares. Além disso, houve recalibração da direção hidráulica, e os freios foram retrabalhados. Essa mesma plataforma é compartilhada com o Logan, e, segundo a Renault, 80% dos componentes da nova versão do Sandero foram, de fato, renovados. O sistema de multiplexagem foi instalado nessa geração e responde por melhores respostas nas aplicações, cada vez com maior demanda, dos equipamentos elétricos.

Outra novidade é o novo motor 1.0 16V Hi-Power, que estreou no Clio e é oferecido também no Novo Logan, com quatro válvulas por cilindros, potência máxima de 80 cv (quando abastecido com etanol) e torque máximo de 10,5 kgfm (com o mesmo combustível). O fabricante garante que o propulsor ficou mais econômico, respaldada pela nota A que recebeu no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, que classifica os automóveis vendidos no país de acordo com o consumo. O motor 1.6, que passa a ser oferecido apenas com cabeçote de oito válvulas, não recebeu alterações. Continua gerando 106 cv e 15,5 kgfm com etanol. O novo Renault Sandero já está sendo faturado, e até o dia 13 de julho as concessionárias estarão abastecidas.

O jornalista viajou a convite da Renault

Preços

R$ 29.890 é o preço de tabela da versão básica Authentique 1.0 16V Hi-Power. R$ 34.990 é o valor da configuração intermediária Expression 1.0 16V Hi-Power.

R$ 38.590 custa a mesma configuração equipada com o propulsor 1.6 8V Hi-Power.

R$ R$ 42.390 é o importe do top de linha Dynamique 1.6 8VHi-Power.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave