Séries de TV são temas de aulas em faculdades

iG Minas Gerais |

Tyrion Lannister( Peter Dinklage) em cena de “Game of Thrones”
HBO/DIVULGAÇÃO
Tyrion Lannister( Peter Dinklage) em cena de “Game of Thrones”

BUENOS AIRES, ARGENTINA. Séries televisivas viraram objeto de estudo em universidades de prestígio – e não dos departamentos de audiovisual, mas, sim, das escolas de direito e sociologia. Na terça-feira da semana passada, cerca de 300 pessoas compareceram a um salão da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires para ver a palestra “Direito e Game of Thrones”, que relaciona a disciplina à serie da HBO, adaptada dos romances de George R.R. Martin. 

Em pouco mais de duas horas, dez professores fizeram analogias jurídicas com episódios da série. Foi traçado, por exemplo, um paralelo entre as disputas de poder do programa e o conceito de jogo de soma zero, da teoria dos jogos, em que o ganho dos participantes vitoriosos é compensado pela perda dos demais. “Fica ainda mais fácil de entender quando usam um exemplo de que eu gosto”, diz Sebastian Carvallera, 23, aluno do segundo ano de direito, ao falar de outro conceito: o “direito de posição [NA SOCIEDADE]“, que a série exemplifica com os costumes e as normas que regem as famílias nobres na trama.

A professora de história do direito Susana López mostrou uma cena em que Tyrion Lannister (Peter Dinklage), de um clã rico, está preso por uma família rival e tenta comprar um guarda. Ele está sem dinheiro, mas empenha a palavra. Trata-se de um “direito de posição”: só nobres podiam firmar contrato com uma promessa.

O organizador da palestra, o professor Ricardo Rabinovich, enfatiza que a série trata de distintas áreas do direito: da família, do trabalho, econômico, penal, de execução, internacional, político. Ele conta que a ideia da palestra surgiu de um momento em sala: “Comecei a falar de questões políticas nos livros que originaram a série e era impressionante como os alunos dominavam o tema”.

As exposições também apontaram o que acontecia na vida real: julgamentos por combate existiram de fato na Idade Média em territórios que hoje fazem parte da Espanha, de Portugal, da Escócia e da Inglaterra, afirma Rabinovich.

HARVARD “The Wire”, série que também foi exibida pela HBO, foi tema de um curso da Universidade Harvard ministrado durante quatro anos. O professor de sociologia Wiliam Julius deu aulas sobre “Desigualdade urbana” e ‘The Wire’” de 2009 a 2012.

Por semestre, cerca de 150 alunos se candidatavam a uma das 30 vagas de seu curso. Mercado de trabalho, economia desregulamentada, política urbana e educação eram os assuntos levantados a partir da ficção. “Os alunos liam estudos acadêmicos a cada semana e depois viam episódios relacionados”, conta Julius. “‘The Wire’ mostra como falta de emprego, escolas precárias e negligência governamental influenciam a vida dos pobres. Foi um dos melhores cursos que já dei na vida em 40 anos. Os alunos eram brilhantes, dedicados e entusiasmados”, diz Julius.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave