Di Maria se alegra por Messi ter nascido na Argentina

Autor do gol sobre a Suíça, armador diz que atuar com 'La Pulga' é como jogar com Maradona e que o time ainda vai precisar do craque

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

ESPORTES - SAO PAULO SP - BRASIL - 1.7.14 COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Argentina x Suica na Arena Itaquera em Sao Paulo SP.
Fotos: Douglas Magno /  O Tempo
douglas magno
ESPORTES - SAO PAULO SP - BRASIL - 1.7.14 COPA DO MUNDO FIFA 2014 - Argentina x Suica na Arena Itaquera em Sao Paulo SP. Fotos: Douglas Magno / O Tempo

“Devemos ser gratos por Messi ser argentino”. A frase é do meia Di Maria, ao site da Fifa, mas poderia ser dita por qualquer outro argentino. Se os hermanos estão nas quartas de final da Copa do Mundo, é porque ‘La Pulga’ voltou a ser genial.

O camisa 10 já havia sido eleito o melhor jogador das três partidas da Argentina na fase de grupos e ganhou novamente o prêmio no duelo da tarde desta terça-feira, contra a Suíça; E não foi para menos, porque foi dos pés dele que saiu o passe para o tento de Di Maria.

A importância de Messi é tão grande, que Di Maria acredita que é como atuar ao lado de Maradona, o gênio que levou o time albiceleste ao título da Copa do Mundo de 1986.

“Acho que as pessoas que jogaram com Diego (Armando Maradona) e aqueles que atuam com Leo (Messi) hoje podem se consideram muito felizes”, disse o armador.

Apesar de não admitir que há uma ‘Messidependência’, Di Maria ressaltou que o meia-atacante é o grande responsável pela campanha dos hermanos, até agora. 

“Precisamos tirar o melhor proveito de Messi. Acho que ele está em forma fantástica e vamos esperar que continue assim”, afirmou.

 

Leia tudo sobre: MessiDi MariaArgentinaSuiça