Conversa polêmica de Felipão com jornalistas é abafada por jogadores

Comandante teria pedido opiniões sobre as apresentações do Brasil, além de ter admitido que se pudesse faria uma troca no grupo de 23 jogadores escolhidos para a Copa

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Seleção brasileira realizou seu último treinamento antes da viagem para o amistoso com a Sérvia
Wander Roberto/VIPCOMM
Seleção brasileira realizou seu último treinamento antes da viagem para o amistoso com a Sérvia

A seleção brasileira avançou às quartas de final da Copa do Mundo. Porém, nos bastidores, o clima de satisfação está longe da Granja Comary. Um encontro do técnico Luiz Felipe Scolari com seis jornalistas de sua confiança teria escancarado a instabilidade emocional da equipe. Entre outros pontos, o comandante teria pedido opiniões sobre as apresentações do Brasil, além de ter admitido que se pudesse faria uma troca no grupo de 23 jogadores escolhidos para a Copa do Mundo.

O assunto foi levantado pela imprensa durante a entrevista coletiva de Ramires e Victor, na Granja Comary, na tarde desta terça-feira. Os jogadores preferiram evitar qualquer tipo de polêmica.

“Ele não comentou isso com os jogadores. Isso é  uma resposta que ele pode dar melhor para vocês. Nós fomos escolhidos por ele e ele responderá melhor essa pergunta”, afirmou Ramires.

“(A conversa de Felipão) Nem repercutiu porque não ficamos saindo. A gente não sabe o que foi dito. Tivemos uma conversa com ele sobre os pontos que precisam ser melhorados. O que ele disse para a imprensa não ficamos sabendo”, disse Victor.

Irônico, Ramires ainda aproveitou para rebater os questionamentos quanto a previsibilidade do esquema tático da seleção brasileira. 

“Não sei se (nosso jogo) está tão previsível assim. Estamos criando bastante”, concluiu o volante.