Argentinos provocam brasileiros em bairro boêmio de São Paulo

Torcedores aguardam o confronto desta segunda, contra a Suíça, válido pelas oitavas de final da Copa

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O clima era de festa e provocação entre brasileiros e argentinos na madrugada desta terça-feira (1º), na Vila Madalena, bairro boêmio de São Paulo.

No cruzamento das ruas Mourato Coelho e Aspicuelta dois grupos pulavam, balançavam bandeiras e disputavam quem cantava mais alto.

De um lado, argentinos pulando cantavam que Messi vai ganhar a Copa e que Maradona é maior que Pelé. Um grupo de brasileiros respondia: "eu sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor". Alguns mais animados, jogavam copos de plástico com cerveja para o alto.

O clima de rivalidade também ocorria entre amigos. Hospedado na casa de um brasileiro, o argentino Matías Accerboni, 26, disse que fica no Brasil até o final da Copa.

O amigo brasileiro, Fabio Ferreira, 26, provoca: "e se a Argentina perder?". Accerboni responde provocando que não tem nada impossível. " Os juízes estão ajudando o Brasil e vocês quase ficaram fora das quartas de final", disse.

Ferreira provoca novamente o amigo e diz que ele com seus 26 anos nunca viu a Argentina ganhar uma Copa. "Eu já vi o Brasil ganhar duas vezes", falou.

Accerboni disse que nem pensou na possibilidade da Argentina perder, mas se isso ocorrer vai ficar até o final do Mundial no país.

"Para mim futebol é vida, paixão, toda Copa do Mundo eu choro. Se a Argentina perder você ou uma amiga brasileira vão ter que me consolar", disse olhando para o amigo brasileiro.

" Uma amiga é melhor", disse Ferreira rindo.

Leia tudo sobre: argentinoscopa do mundosão pauloArgentinaItaquerãoprovocaçõesbairroboêmiobrasileirosbrasil