Belas têm mais chances de ter filhas mulheres

Pesquisa britânica constatou ainda que as mães transmitem a beleza

iG Minas Gerais |

Ícone da beleza, Gisele Bündchen, com a filha
Reprodução Instagram
Ícone da beleza, Gisele Bündchen, com a filha

Londres, Reino Unido. A beleza pode ser um fator determinante para a definição do sexo dos filhos, segundo um estudo divulgado pelo jornal “Reproductive Sciences”. As mulheres bonitas têm mais chances de terem filhas mulheres, igualmente bonitas. As menos atraentes teriam mais filhos do sexo masculino, diz a pesquisa.

Um pesquisador da London School of Economics analisou os dados de 17 mil bebês nascidos em 1958 na Inglaterra e perguntou se tinham filhos e qual o sexo. Os considerados atraentes tiveram tanto filhas mulheres quanto homens, mas a maioria dos “feios” geraram bebês do sexo masculino.

Ao jornal “Daily Mail”, o chefe da pesquisa, o médico Satoshi Kanazawa, afirmou que os pais tendem a produzir crianças que se beneficiam de seus atributos. E como a beleza costuma beneficiar mais as mulheres do que os homens, as belas teriam mais filhas que filhos.

A pesquisa foi questionada por um estatístico da Universidade de Columbia, nos EUA, que analisou os filhos dos famosos nas listas de pessoas mais bonitas, feitas pela revista “People”, entre 1995 e 2000, e concluiu que as celebridades tiveram mais filhos homens, incluindo Victoria e David Beckham, que têm três filhos homens.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave