Azul volta a operar voo entre Uberaba, Araxá e Confins

Companhia aérea recebe aprovação da Anac; operação vai recomeçar no dia 11 de agosto

iG Minas Gerais |

Empresa promete oferecer trecho Uberaba-Araxá a partir de R$ 31,90
Azul/divulgacao
Empresa promete oferecer trecho Uberaba-Araxá a partir de R$ 31,90

SÃO PAULO. A Azul Linhas Aéreas recebeu aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para retomar o voo circular entre o aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, Uberaba e Araxá. A operação recomeçará a partir do dia 11 de agosto e será sempre de segunda-feira a sábado.

Segundo a empresa, os clientes vão poder encontrar tarifas a partir de R$ 31,90 ou 5.000 pontos no TudoAzul para o trecho Uberaba–Araxá, e a partir de R$ 122,90 ou 5.000 pontos no TudoAzul entre Belo Horizonte (Confins) e os dois destinos do interior mineiro.

No caso de Uberaba, no Triângulo Mineiro, a companhia já oferece voos diários e diretos entre a cidade e Confins desde o início do mês de junho e manterá a operação.

“A aprovação deste voo permite que os passageiros de Uberaba e Araxá contem com uma melhor oferta de horários para Belo Horizonte, no caso, Confins”, afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul Linhas

Em Uberaba, são atualmente sete voos diários da Azul feitos para Belo Horizonte (Confins) e Campinas. Em Araxá, no Alto Paranaíba, são hoje dois voos diários a partir da cidade para o aeroporto da Pampulha (BH) e Patos de Minas, na mesma região. As operações da Azul em Araxá na cidade começaram em 1º de janeiro de 2008.

Pirapora. Já o aeroporto regional de Pirapora, no Norte de Minas, vai contar com uma pista de 1,4 km de extensão, pátio de estacionamento de aeronaves, uma estação de passageiros e uma seção de combate a incêndio. A iniciativa faz parte do Programa Aeroportuário de Minas Gerais (ProAero), que vai custar R$ 8,5 milhões aos cofres públicos. O governador Alberto Pinto Coelho visitou nessa segunda as obras do terminal.

“Esse aeroporto credencia-se a receber voos regionais com até 50 passageiros”, disse o governador.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave