Técnico da França enaltece Nigéria em partida das oitavas

Didier Deschamps, comandante dos Bleues, disse que nenhum time da Copa teve facilidade na competição

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Didier Deschamps ainda espera ver a evolução de seus comandados durante a Copa do Mundo
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Didier Deschamps ainda espera ver a evolução de seus comandados durante a Copa do Mundo

Dizendo-se "orgulhoso" do seu time, o técnico francês, Didier Deschamps, vê uma Copa do Mundo bastante equilibrada após a difícil vitória por 2 a 0 sobre a Nigéria.

"Não vi nenhuma seleção controlando o jogo todo o tempo", afirmou Deschamps, em entrevista coletiva nesta segunda-feira (30), em Brasília. "Se enfrentamos momentos difíceis, é porque os adversários criam riscos."

Após sofrer pressão no início do primeiro tempo, a França passou a ter mais iniciativa no jogo. Mas os Bleues só marcaram aos 34 minutos da etapa final, após falha do goleiro Enyeama.

O técnico francês não quis entrar no debate dos últimos dias na imprensa do país, que tem argumentado que o corte por lesão do atacante Ribéry, principal referência do time, acabou sendo benéfica. Muitos veem uma equipe com melhor jogo coletivo e mais imprevisível sem o terceiro melhor jogador do mundo em 2013, segundo a Fifa.

"Não é que não sentimos falta dele. Quando não está disponível, tenho outros 23 jogadores, e fizemos uma equipe competitiva", desconversou.

Com a vitória nesta segunda (30), Deschamps continua sua série invicta em Copas do Mundo -como jogador, foi capitão no título mundial de 1998. Questionado sobre a série de dez jogos, minimizou: "Estou interessado no aqui e agora".

Leia tudo sobre: Copa do MundoDidier DeschampsFrançaNigériaMundial 2014