TJMG empossou novo presidente nesta segunda-feira

O desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, de 51 anos, é o mais jovem presidente da história do TJMG.

iG Minas Gerais | Da redação |

O desembargador Pedro Bitencourt Marcondes assumiu a presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) nesta segunda-feira (30).  A solenidade de posse ocorreu no Grande Teatro do Palácio das Artes, na avenida Afonso Pena, região Centro-Sul de Belo Horizonte às 16h.

Marcondes tem 51 anos e é o mais jovem presidente da história do TJMG. Depois de ter sido eleito pelo Tribunal do Pleito ele afirmou ter três metas a cumprir: implantação o processo eletrônico, gestão otimizada, com foco no planejamento, e investimento no aperfeiçoamento dos recursos humanos. Ele ressaltou ainda que é necessário valorizar magistrados e servidores para que a prestação jurisdicional seja agilizada.

Durante a solenidade também foram empossados nos cargos de 1º vice-presidente, 2º vice-presidente, 3º vice-presidente, corregedor e vice-corregedor-geral de justiça, respectivamente, os desembargadores Fernando Caldeira Brant, Kildare Carvalho, Wander Marotta, Antônio Sérvulo dos Santos e Marcílio Eustáquio Santos. Os novos dirigentes foram eleitos no dia 28 de abril para o biênio 2014/2016.

Sobre o novo presidente

Natural de Caçapava, no Estado de São Paulo, Pedro Carlos Bitencourt Marcondes é desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) desde 17 de abril de 2006. O magistrado é formado em Direito pela Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de São Paulo (FCSA/1985), tem especialização em Direito Público pela Faculdade de Direito do Vale do Rio Doce (1994) e mestrado em Direito Administrativo pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG/2002).

O desembargador Bitencourt Marcondes ingressou na Magistratura em 1990 e foi juiz de direito nas comarcas de Mantena, Ituiutaba e Contagem e na 2ª Vara de Fazenda Pública e Autarquias na comarca de Belo Horizonte. A partir de 2002, integrou o Comitê Técnico da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef).

Antes de ingressar na Magistratura, Bitencourt Marcondes foi promotor de Justiça nas comarcas de Silvianópolis, Mantena, Uberlândia e Belo Horizonte. Foi também professor do curso de graduação de Direito Administrativo e Teoria Geral do Processo, no Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI/BH) e orientador dos 6º, 7º e 8º cursos de Formação Inicial de Juízes Substitutos da Ejef.

Com assessoria de imprensa do TJMG

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave