Equipe do Kosovo peita a Fifa e oferece emprego para Luis Suárez

País não é filiado a Fifa, portanto, teoricamente, uruguaio poderia jogar pelo clube

iG Minas Gerais | GABRIEL PAZINI* |

Clube do Kosavo quer contratar o atacante uruguaio por quatro meses
Clube do Kosavo quer contratar o atacante uruguaio por quatro meses

Um clube do Kosovo, país não filiado a Fifa, teve uma ideia brilhante para se reforçar e, ao mesmo tempo, burlar a punição da entidade máxima do futebol mundial ao craque uruguaio Luis Suárez.

O Hajvalia Pristina, atual campeão da Copa do Kosovo, pretende contratar o atacante durante os quatro meses em que Suárez estará banido de qualquer atividade futebolísticas.

"Como o Kosovo não é reconhecido pela Fifa, creio que Suárez pode jogar aqui. Vamos preparar uma oferta", disse Xhavit Pacolli, diretor do clube, ao diário kosovar 'Bota Sot'.

Segundo a imprensa local, o clube do país da península balcânica vai oferecer 30 mil euros ao Liverpool pelo empréstimo de quatro meses e vai pagar 1.500 mil euros por mês ao atacante.

O jogador, de 27 anos, foi punido pela Fifa pela mordida em Chiellini, durante o duelo entre Uruguai e Itália pela Copa do Mundo. Suárez está suspenso por nove jogos, banido do futebol por quatro meses e vai pagar uma multa de R$ 250 mil.

*com supervisão de Leandro Cabido

Leia tudo sobre: Copa do Mundoluis suarezkosovofutebolesportefifapunicaochiellini