Facebook filtra posts e influencia emoções de usuários, diz pesquisa

Em estudo realizado em conjunto com acadêmicos, a rede social mais famosa do mundo manipulou feed de notícias de 689 mil usuários

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Facebook disponibilizará aos usuários seu próprio 'trending topics'
Facebook disponibilizará aos usuários seu próprio 'trending topics'

A rede social mais utilizada do mundo virou alvo de protestos após divulgar resultados de pesquisa revelando como influenciar os sentimentos de usuários.

Para a pesquisa, o Facebook filtrou informações relacionadas a comentários, vídeos, imagens, links postados. No teste, uma parte dos usuários foi exposta a um tipo de 'conteúdo emocional positivo' com mais intensidade. Enquanto, outros tiveram  mais contato com 'conteúdo emocional negativo'.

De acordo com os resultados, ficou claro a força da rede social sob os internautas que foram submetidos ao material manipulado. Aqueles expostos a mais 'conteúdo positivo' postaram menos informações negativas. Já os outros usuários, com acesso ao 'conteúdo negativo' em excesso, se mostram mais tristes, produzindo menos posts positivos.

O estudo foi realizado em conjunto entre o Facebook, Universidade de Cornell e Universidade da Califórnia. Foram analisados os perfis de 689 mil internautas.

Após a divulgação da pesquisa, advogados, ativistas da internet e políticos se juntaram em uma onda de protestos gerando polêmica sobre a legalidade do estudo. Muitos consideraram a pesquisa como 'aterrorizante', 'perturbadora' e 'escandalosa'.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave