Nigeriano paga R$ 750 de táxi para chegar a tempo de jogo

Torcedor, que acreditou na classificação das Super Águias, correu de Recife para Natal antes de embarcar para Brasília

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

O torcedor nigeriano Bebaturde Akinsete, 38, veio com um grupo de três amigos dos Estados Unidos para assistir a Copa do Mundo, mas foi o único que acreditou que era possível a Nigéria chegar às oitavas de final.

O resultado foi que o grupo assistiu no domingo (29) o confronto entre Costa Rica e Grécia no Recife e, nesta segunda feira (30), Bebaturde Akinsete teve que improvisar para ver, sozinho, o duelo da Nigéria contra a França, às 13h, em Brasília.

Do Recife, o nigeriano não conseguiu comprar um voo de última hora. Assim, comprou uma passagem de R$ 450 saindo de Natal e teve de gastar R$ 750 para de táxi fazer a viagem de 4h e chegar a tempo do voo. Ele conta que o plano B era fazer o mesmo roteiro, por São Paulo, mas foi desaconselhado no aeroporto.

Exausto e sem companhias, Akinsete diz que espera o apoio dos brasileiros no que ele acredita ser uma vitória de 2 a 1.

"Os meus amigos disseram que nas outras Copas compraram para as oitavas e foi decepção. Só eu acreditei", brinca.

Apesar do otimismo, ele disse que voltará aos Estados Unidos nesta terça-feira (1º). "Não me importo com o dinheiro que gastei. Uma vitória da Nigéria vai ser muito maior que isso", disse.

RIVALIDADE

Florian Tiburce, 34, e outros cinco amigos vieram de Paris. Com o rosto vermelho de calor, ele espera um jogo difícil e com a torcida contra. E a vitória, claro.

"Os brasileiros vão ser contra porque sabem que podemos ganhar deles. Mas hoje será difícil, está calor e 1 a 0 é suficiente", afirmou.

Leia tudo sobre: nigériafrançacopa do mundonigerianotorcedortáxipassagemnatalembarque