Compositor de hit argentino busca ingresso para jogo contra a Suíça

Autor de 'Brasil decime que se siente' Ignacio Harraca segue na busca para ver seleção portenha nas oitavas

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Criador da música que embala arquibancada argentina não quer ficar de fora de Argentina x Suíça
Twitter/Reprodução
Criador da música que embala arquibancada argentina não quer ficar de fora de Argentina x Suíça

 Argentinos já estão na região do Itaquerão em busca de ingressos para a partida desta terça (1), da seleção da Argentina contra a Suíça, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

A maioria havia conseguido bilhetes apenas para os jogos da fase de grupos. As três vitórias da Argentina aumentaram a empolgação.

Ignacio Harraca, 30, é um dos que está tentando a sorte grande. O que o difere dos demais torcedores é querer ouvir uma "composição" sua no estádio de São Paulo. Ele é o autor do "Brasil decime que se siente", a música que virou febre entre os torcedores do país no Mundial.

A letra faz gozação com o Brasil e fala em suposta freguesia da equipe verde e amarela contra os argentinos.

"Voltei para Buenos Aires porque era a data da minha passagem de volta. Mas estou desesperado para conseguir um ingresso. Se acontecer, vou na hora para São Paulo", disse.

Do lado de fora do estádio, a angústia era parecida. E a tendência é que fique pior com o passar do tempo.

"A última oferta que recebi foi de R$ 2.500 por uma entrada. É uma brincadeira. Ninguém tem como pagar isso", queixa-se Carlos Pasman, 43, que esteve em todas as partidas da Argentina até agora, mas teme ficar fora justamente quando começa o mata-mata.