Navas diz que costa-riquenhos jogaram 'por seu país'

Grande sensação da Copa, Ticos suaram muito para bater a Grécia nas oitavas e garantem espírito guerreiro contra a Holanda, nas quartas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Tido como herói da classificação, Navas disse que meta era fazer história
Concacaf/Divulgação
Tido como herói da classificação, Navas disse que meta era fazer história

Grande astro costa-riquenho na inédita classificação às oitavas, o goleiro Navas, que defendeu um pênalti da Grécia e cravou a vitória dos Ticos, garante que sua equipe acreditou no resultado favorável durante todo o tempo. A partida assumiu tons dramáticos após a expulsão de Oscar Duarte, o empate da Grécia, e o visível cansaço dos dois times na prorrogação de 30 minutos.

“Foi um momento difícil. Estávamos a ponto de terminar a partida, mas soubemos assimilar bem o golpe. Não jogamos a toalha em momento algum, embora estivéssemos com um jogador a menos. Mantivemos a tranquilidade, sempre mentalizando o que poderíamos alcançar”, explicou o jogador, em entrevista ao site da Fifa.

A seleção foi a grande sensação da primeira fase e venceu três campeãs mundiais: Itália, Uruguai e Inglaterra. Mas a grande campanha no início do torneio deu lugar a uma partida complicada, que foi superada pela grande ânsia de representar o país caribenho.

“Nos reunimos no meio do campo e conversamos: havíamos trabalhado muito para aquele momento, estávamos convencidos de que poderíamos ganhar e acho que todos os jogadores acreditaram firmemente em seus corações. Por isso, conseguimos a vitória. Jogamos com o coração, por nosso país. Nosso desejo sempre foi fazer história e aí está o resultado”, destacou o atleta, eleito o melhor da partida.

Sobre o possível confronto com a Holanda – outra equipe que está voando nesta Copa – Navas diz que costa-riquenhos manterão mesmo espírito que deixou para trás todos os adversários do grupo da morte.

“Temos que seguir com esta felicidade. A Holanda é uma excelente equipe, uma potência mundial. Mas vamos enfrentá-la com a mesma determinação e a mesma personalidade de sempre. E vamos tentar vencer”, completou.

Leia tudo sobre: navascosta ricagoleirosticoscosta-riquenhosgréciaempateoitavasquartas