Quem tem já não reclama mais

iG Minas Gerais |

Em Brumadinho, na região metropolitana da capital, o contraste entre dois trechos que aguardam a pavimentação e um já asfaltado pelo Caminhos de Minas chama a atenção de quem vive e frequenta a região. Para a moradora Denise Teixeira, 52, que viu o asfalto chegar à porta de casa, nos 10 km que fazem ligação entre o município e o distrito de Piedade do Paraopeba, o programa possibilitou grandes melhorias na qualidade de vida.

“Tudo melhorou, do transporte coletivo ao serviço de saúde. Quando chovia, não tinha ônibus, não tinha ambulância, não tinha caminhão de lixo. A falta do asfalto era falta de recurso para a saúde”, diz. “Em tempo de chuva, o pessoal perdia o emprego porque o ônibus não passava e a pessoa não tinha como ir trabalhar”.

A comerciante Iva Rosa de Castro Nogueira, 45, disse que a melhoria no acesso fez crescer até mesmo o movimento em sua lanchonete no povoado de Aranha. “Foi excelente para nós. Têm passado mais gringos a caminho de Inhotim, e isso melhora o comércio”, conta.

Dona de um restaurante em Piedade do Paraobeba, Giovana Cristina Lima Duarte, 42, também ficou satisfeita com os benefícios que chegaram junto com o novo piso da estrada. Ela conta que a comunidade já chegou a ficar isolada por um mês devido a problemas com a estrada de acesso. “Uma ambulância já ‘agarrou’ na lama no meio do caminho, com paciente dentro. O veículo teve que ser rebocado por um jipeiro que fazia trilha na região”, lembra a moradora.

“Mas hoje ficou fácil para todo mundo. Esse asfalto foi a melhor benfeitoria que já fizeram aqui, a comunidade toda ganhou muito”, concluiu. (LM)

Posição

Retorno. A Prefeitura de Brumadinho afirmou que as obras são de responsabilidade do Estado e que atuou apenas nas liberações ambientais. O órgão ressaltou a importância da parceria.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave