Regras de alimentação em casa devem ser as mesmas para os filhos

Casos de distúrbios e diabetes, por exemplo, exigem diferenciação

iG Minas Gerais | Tara Parker Pope |

Dentro de casa. Pais devem servir de modelo, comendo sempre muitas frutas e vegetais, experimentando novos alimentos
THE TELEGRAPH / REPRODUCAO
Dentro de casa. Pais devem servir de modelo, comendo sempre muitas frutas e vegetais, experimentando novos alimentos

Nova York, EUA. Como alimentar dois filhos, quando um tem sobrepeso e o outro está magro demais? Esse é um problema comum para muitas famílias, já que irmãos biológicos criados da mesma maneira podem crescer em ritmos diferentes, ter preferências alimentares e tipos físicos distintos. O leitor que fez essa pergunta destacou que o filho que tem sobrepeso come comidas saudáveis, mas costuma sentir fome com mais frequência e tem o peso no topo da escala do Índice de Massa Corporal (IMC). Enquanto isso, o outro irmão só come porcaria, mas não ganha peso de jeito nenhum.

“Com frequência em famílias desse tipo, os pais deixam os filhos comerem qualquer coisa, incluindo porcarias, porque ficam contentes quando eles se alimentam”, afirmou o doutor David Ludwig, diretor do Centro de Prevenção da Obesidade da Fundação New Balance, no Hospital Pediátrico de Boston, nos Estados Unidos. “Eles restringem a alimentação do filho com sobrepeso. Isso gera um ambiente desigual para a criança com sobrepeso e, de certa forma, para a criança magra também”.

Então, qual é a solução? Surpreendentemente, as regras alimentares para ambas as crianças devem ser as mesmas. Segundo Ludwig, as normas não mudam por conta do peso da criança (exceto em casos de problemas de saúde específicos, como o diabetes, a sensibilidade ao glúten, ou algum distúrbio alimentar).

Em geral, crianças saudáveis de todos os tamanhos devem ser encorajadas a comer diversos alimentos saudáveis. Alimentos processados e refrigerantes não devem entrar em casa. Ambos os filhos devem participar de refeições regulares com a família, nas quais são servidas diversas opções saudáveis. Os pais devem dar o exemplo, comendo sempre muitas frutas e vegetais, experimentando novos alimentos e comendo porções apropriadas. Além disso, devem evitar discussões sobre comida com os filhos. As crianças devem ser encorajadas a manter um estilo de vida ativo e a dormir bem todas as noites.

“Isso não quer dizer que eles não possam comer doces de vez em quando. Leve o filho com sobrepeso e o magro vez ou outra para comer um sanduíche, transforme a ocasião em uma festa e não discrimine”.

“Todos devem receber o mesmo tratamento: nada de porcarias, nenhuma chance de se sentirem excluídos”

David Ludwig - Médico

Flash

Adultos. A obesidade é caracterizada por um Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 30 kg/m². Já o excesso de peso é caracterizado por um IMC maior que 25 kg/m².

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave