Semana de comemorações

Pela primeira vez, Semana de Ouro Preto organiza programação com shows, espetáculos e intervenções pelas ruas

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

Teatro. Uma das atrações, “Como a Gente Gosta”, do Grupo Maria Cutia, se inspira em Shakespeare para contar uma história de amor
NAUM PRODUTORA DIVULGAÇÃO
Teatro. Uma das atrações, “Como a Gente Gosta”, do Grupo Maria Cutia, se inspira em Shakespeare para contar uma história de amor

Ouro Preto é uma cidade repleta de atrações artísticas e é bastante visada pelos turistas do mundo todo. Em tempos como esses, de Copa do Mundo, a procura pela cidade histórica se torna ainda maior. Mas se engana quem pensa que esse trânsito de gente e a proliferação de atividades culturais nas ruas da cidade histórica não deixem nenhum lastro.

Pensando nisso, a Semana de Ouro Preto – com atividades culturais, a partir da próxima sexta – comemora os 303 anos da cidade, na rua, com os moradores e os turistas. “Uma cidade não é simplesmente um corte geográfico, ela tem sua identidade”, afirma Gigi Favacho, uma das coordenadoras e curadoras da programação. “Pensamos em atrações que fosses interessantes para todo mundo que está em Ouro Preto, mas não poderíamos deixar de fora a cidade e seus habitantes. Afinal, o evento tem Ouro Preto em seu DNA, em seu nome”, destaca.

A programação se divide em shows, intervenções de arte pop-up pelas ruas da cidade, teatro e expressões de cultura popular e erudita. A abertura fica por conta de Lô Borges, na sexta. Além dele, outros nomes da música brasileira se apresentam no palco localizado no Largo da Igreja do Rosário: Paulinho Moska, Teatro Mágico, Marina de La Riva, Pedro Morais, Caffeine Trio, Marina Machado e Ana Larrouse, com participação de Leo Fressato.

“Os shows principais serão no Rosário, mas a maior parte acontece mesmo é nas ruas da cidade. Temos essas intervenções (pop-up) que acontecem do nada. De repente, surge um grupo de músicos tocando violoncelo, sax e clarinete. Queremos atingir e envolver a pessoa no seu cotidiano de maneira espontânea”, revela a coordenadora.

Além disso, Favacho frisa uma relação de intimidade dos participantes da programação com a cidade de Ouro Preto. “Uma das coisas importantes que nortearam nossas escolhas foi a relação que esses artistas têm com Ouro Preto. Então, escolhemos aqueles que tenham alguma identidade ou relação afetiva com ela. O Paulinho Moska, por exemplo, é casado com uma ouropretana. Ele vive aqui. A (cantora) Sílvia Klein já se apresentou aqui algumas vezes, com a orquestra da cidade”, ressalta ela.

Chegando aos seus 303 anos de vida, Ouro Preto sempre mostrou sua faceta festiva. As comemorações de aniversário são recorrentes, mas acontecem em shows pontuais, na data, 08 de julho. “Ano passado, nós comemoramos dentro da programação do Festival de Inverno (da UFOP), mas essa é a primeira vez que se cria essa semana de comemorações, com programação própria”, finaliza Favacho.

Programação

A “Semana de Ouro Preto” comemora os 303 anos da cidade com mais de 50 atrações gratuitas – intervenções, shows, teatro e cultura popular e erudita pelas. As festividades vão de 4 a 11 de julho. Mais informações no perfil: www.facebook.com/semanadeouropreto

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave