Boateng dispara contra organização da Copa e revela briga com técnico

Jogador que foi afastado antes de Gana jogar pela última vez disse que hotel em Natal estava inundado e que foi insultado por treinador

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

De Gana, Botaeng é um dos craques e faz sucesso nas redes sociais
Reprodução/Facebook
De Gana, Botaeng é um dos craques e faz sucesso nas redes sociais

O meia Kevin-Prince Boateng resolveu falar sobre sua suposta discussão com o técnico de Gana, James Appiah, que resultou em seu afastamento antes mesmo da equipe africana entrar em campo pela última vez na Copa. Em entrevista ao jornal alemão Bild, ele criticou bastante a organização do Mundial  e revelou detalhes da briga com o treinador.

“Eu nunca pensei que você pudesse organizar uma preparação para uma Copa do Mundo tão mal. Os hotéis, os voos, tudo era amador”, disparou ele.

“O único lugar digno de uma preparação era o de Miami (onde Gana disputou amistoso). Antes do jogo contra os Estados Unidos, dormimos em um hotel em que não havia condições. Havia inundações, os quartos estavam úmidos. Eu mesmo tive que mudar de local, porque o que me foi dado virou uma piscina, de tanta água que pingava do teto”, reclamou Boateng, que atuou na capital potiguar na estreia do Mundial, no dia 16 de junho.

Sobre o desentendimento com o treinador, o ganês disse que antes de ser suspenso discutiu com Appiah e houve até uma troca de insultos.

“Eu perguntei a ele se tinha um problema comigo. Ele gritou e me insultou, me mandou ‘cair fora'. E isso tudo aconteceu quatro dias antes da minha suspensão. Por que não me tiraram logo, então, se foi esse o problema?”, contou ele.

Leia tudo sobre: boatengganasuspensãoorganizaçãoseleção ganesainsultosappiahbrigadiscussãohotelinundaçãoquartoestados unidosvoobild