Briga de cachorros termina em morte em Nova Lima

Confusão começou quando um homem agrediu os animais com um capacete; uma pessoa foi detida e outras três ficaram feridas

iG Minas Gerais | Jhonny Cazetta |

Uma briga de cachorros terminou com um morto e outras três pessoas feridas, na noite desse sábado (28) em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), tudo começou quando Antonio Araújo, de 37 anos, teria batido com um capacete em dois cachorros que estavam brigando na rua C, no bairro Cascalho.

Ao ver os cães apanhando do homem, o dono dos animais, de 20 anos, começou a tirar satisfações com Araújo. Irritado com a abordagem do jovem, ele então teria ido até a sua casa, pegado um instrumento de metal, chamada thaco, e voltado até ao local da discussão. Nessa hora, os dois começaram a brigar novamente.

Tentando apaziguar a situação, uma jovem de 15 anos, tentou separará-los, mas ela acabou sendo atingida por um golpe na cabeça, que também teria sido dado por Araújo, e desmaiou.

Assassinato

Com a gritaria da briga, familiares de cada um dos dois homens envolvidos na briga apareceram no local. Foi aí que o irmão do dono dos cachorros, Diego Antunes, de 23 anos, teria sacado uma arma. “Quando ele viu que o menino estava armado, o Antonio correu para outra rua, pois viu que ele poderia morrer ali”, contou uma testemunha do caso.

Com a ausência de Araújo, a briga então sobrou para o irmão dele, Adão Francisco da Silva, de 44 anos, que acabou levando dois tiros. Uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir ao local, mas Silva acabou morrendo antes mesmo de receber atendimento médico.

Fuga

Após matar a vítima, Antunes teria tido tempo para ameaçar pessoas que estavam em um bar próximo ao local do crime dizendo para ninguém sair de lá. Em seguida, ele teria confessado o crime para sua mãe, antes de fugir da cidade.

Segundo a PM, para a fuga, o suspeito teria ainda furtado uma motocicleta de um motoboy que estava entregando hambúrgueres na região. Os militares da ocorrência realizaram buscas na região à procura do suspeito, mas ninguém foi encontrado. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 181.

Investigação

A Polícia Civil já abriu um inquérito para apurar todos os detalhes do crime. Logo após a confusão, na madrugada deste domingo (29), o homem que teria iniciado a briga, Antonio Araújo, de 37 anos, foi detido pelos militares por conta das agressões feitas contra a adolescente e também o dono dos cachorros.

Ele e as outras duas vítimas tiveram que ser levados para atendimento médico na policlínica da cidade. Após ser medicado, Araújo foi levado até a Central de Flagrantes em Belo Horizonte (Ceflan), onde prestou depoimento junto com outras três testemunhas.

A polícia ainda não informou se o Araújo vai responder o crime das agressões em liberdade ou não. 

Leia tudo sobre: mortebrigacachorros