Calor faz torcedor abandonar as arquibancadas do Castelão

Sensação térmica na hora do jogo causou muito desconforto para os presente no Castelão, no jogo entre Holanda x México

iG Minas Gerais | FOLHA PRESS |

A cor verde-claro dos 63.903 mil assentos foi desenvolvida especificamente para o Castelão, com a intenção de lembrar as cores da bandeira do estado do Ceará
ERNESTO RODRIGUES/ESTADÃO CONTEÚDO - 27.1.2013
A cor verde-claro dos 63.903 mil assentos foi desenvolvida especificamente para o Castelão, com a intenção de lembrar as cores da bandeira do estado do Ceará

O calor de Fortaleza fez os torcedores abandonarem as arquibancadas para se proteger do sol durante a partida México x Holanda, neste domingo (29).

O jogo teve início pontualmente às 13 horas, quando a temperatura marcava 29º e sensação térmica de 31º. Os torcedores do anel inferior do Castelão saíram dos seus lugares marcados nas arquibancadas para se proteger na sombra formada pela marquise do anel de cima.

"Muito quente aqui. Parece um inferno. Não sei quem teve a infeliz ideia de marcar o jogo para esse horário", diz o holandês Johan Bas, 44.

Até os cearenses reclamaram do calor no horário do jogo. A estudante de psicologia Laiane Gomes, 20, disse que, mesmo acostumada com as altas temperaturas do Estado, sofreu com o calor. "É muito quente mesmo. Fico com pena dos jogadores, principalmente os da Holanda que não são acostumados com isso", disse.

Como determinado pela Fifa, o árbitro português Pedro Proença chegou a interromper o jogo aos 30 minutos do primeiro tempo para que os jogadores se hidratassem.

Antes da bola rolar, enquanto os mexicanos faziam a tradicional roda de conversa no campo de jogo, os jogadores da Holanda beberam água na lateral do campo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave