Filho mata pai idoso com tiro acidental no Norte de Minas

Jovem, de 26 anos, que estava com a arma pendurada nas costas, desapareceu, após o suposto acidente; vítima morreu no local

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um homem de 64 anos morreu depois de ser atingido por um tiro acidental no peito, nesse sábado (28), na zona rural de Campo Azul, no Norte de Minas. A arma que disparou estava com o filho dele, que está desaparecido.

Uma testemunha contou à Polícia Militar (PM) que estava com Emílio Ferreira Aguiar e o filho dele, de 26 anos, andando às margens do rio Pacuí, no povoado de Pequizeiro, quando eles foram passar por debaixo de uma cerca. A arma, que estava pendurada nas costas do rapaz, teria enganchado na cerca e disparado. Aguiar que vinha atrás do filho foi atingido.

O jovem e a testemunha teriam pedido ajuda em um posto de saúde no povoado Vila São José, que socorreu a vítima. Ele chegou a ser levado para um hospital em Campo Azul, mas deu entrada já sem vida.

O filho da vítima não foi encontrado pela polícia, até o momento. A arma, um rifle calibre 22, foi encontrada às margens do rio. Segundo a PM, o jovem não tem autorização para portar arma. Ele não possui passagens anteriores pela polícia. 

Leia tudo sobre: tiro acidentalpaifilhoidosorifledesaparecido