Paquera online faz mais sucesso com quem tem mais de 50 anos

Enquanto 7,5% dos internautas namoram pela internet, 12 % dos idosos procuram par

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Namoro. Iara de Almeida, 58, encontrou “um gato de cabelo grisalho” online, mas o romance não deu certo
Arquivo pessoal
Namoro. Iara de Almeida, 58, encontrou “um gato de cabelo grisalho” online, mas o romance não deu certo

Foi graças a um descuido que os aposentados Florisbela, 64, e César, 70, se conheceram. “Estava prestes a deletar o meu perfil no ParPerfeito quando esqueci de cancelar a assinatura e tive que pagar mais um mês. O site é o melhor lugar para nos aproximarmos de pessoas com os mesmos objetivos. Pois somos jovens de espírito, mas já não frequentamos bares para flertar”, diz ela.

Um mês após trocarem mensagens virtuais eles se conheceram. “A sintonia foi tamanha que, ao batermos o olho um no outro, percebemos que éramos aquilo que procurávamos”, diz a aposentada. Eles estão juntos há um ano, e o casamento está marcado para o próximo mês.

Apesar de curiosa, a história dos dois não é rara. A terceira idade ainda representa uma pequena parcela na internet – são apenas 8,1% dos 46 milhões de usuários ativos –, mas, quando o assunto é a paquera, eles representam a faixa etária que mais busca por um parceiro online.

Cerca de 4,4 milhões de pessoas – 7,5% dos usuários de todas as faixas etárias – tentam encontrar um parceiro romântico. Porém, é entre as pessoas com mais de 50 anos que a busca pelo amor se intensifica. Mais de 12% deles buscam amor online. Na faixa etária de 35 a 49 anos a parcela é de 9,3%, e entre os mais jovens, de 16 a 34 anos, apenas 5,6%. As informações são da pesquisa NetView, da Nielsen Ibope, divulgada em maio.

O analista da Nielsen Ibope José Calazans acredita que isso tem acontecido porque os internautas mais jovens estão migrando para outros aparelhos (tablets e smartphones). “Com isso, o computador de casa está ficando mais disponível para a terceira idade se aventurar”, afirma.

Segundo o diretor de produtos do ParPerfeito, Gaël Deheneffe, a tendência é que o número de namoros online na terceira idade aumente. Ao menos 5% dos 450 mil novos usuários do site estão acima dos 55 anos. “Já estamos ponderando a criação de um site específico para essas pessoas, porque percebemos que é um público muito mais engajado”, diz.

Coroa Metade. O idealizador do Coroa Metade, site de relacionamento para pessoas acima de 40 anos, Airton Gontow, conta que resolveu criar a página depois de ter se divorciado aos 46 anos e ficado solteiro por dois anos.

“Enfrentei todas as dificuldades que um homem mais velho tem para conhecer outra namorada. Depois, conheci a minha atual esposa e esqueci essa história. Mas há três anos fui a uma festa de reencontro de amigos do colégio, e 60% deles estavam divorciados. Tanto os homens como as mulheres reclamavam da dificuldade de se encontrar um companheiro por mais de uma semana”, lembra.

Criado há 18 meses, o Coroa Metade conta com 68 mil cadastrados e já tem mais de 11 milhões de acessos. Cerca de 38% dos usuários têm de 50 a 59 anos, e 14% estão acima dos 60 anos de idade.

“O primeiro casal formado no site se casou no papel há 20 dias. Sou um dos poucos empresários que festeja cada cliente que perde. É muito emocionante quando recebo um e-mail do usuário falando que está saindo do site porque encontrou alguém”, comemora.

Números

12,6% dos idososentram em sites para conhecer pessoas.

50 horas é o tempo mensal do grupo de 50 anos ao computador.

61% dos internautas de 65 anos ou mais usam banda larga

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave