Minientrevista

Adriano Denardi - Diretor geral do TRE-MG

iG Minas Gerais |

Existe uma previsão para o término do trabalho de cadastramento biométrico em Minas? É difícil falar em prazos. É um esforço muito grande, que exige uma logística pesada. Por lei, não podemos fazer o processo biométrico durante 150 dias do ano eleitoral (de julho a outubro), o que acaba dificultando o processo.

Quais são as dificuldades? Existe toda uma logística de deslocamento das equipes para regiões distantes do Estado, o chamamento do eleitor e comparecimento no prazo, além de não termos disponível uma grande quantidade de equipamentos e recursos.

Quando os eleitores de BH serão cadastrados? A capital tem quase 2 milhões de eleitores e exige planejamento. É preciso aguardar a corregedoria eleitoral, que é que define o trabalho. Mas capitais menores como Curitiba e Macapá já concluíram o cadastro. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave