Felipão alfineta críticos e reitera apoio ao herói Julio Cesar

Titular do gol brasileiro justifica sua convocação com dois pênaltis defendidos contra o Chile

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES E THIAGO PRATA |

ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 28.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - BRASIL X CHILE no Estadio Mineirao em Belo Horizonte MG.
Foto: Douglas Magno / O Tempo
douglas magno
ESPORTES - BELO HORIZONTE MG - BRASIL - 28.6.2014 - COPA DO MUNDO FIFA 2014 - BRASIL X CHILE no Estadio Mineirao em Belo Horizonte MG. Foto: Douglas Magno / O Tempo

“Goleiro é aquela posição que o técnico precisa ter confiança”. Quem é que nunca ouviu essa frase quando o assunto tratado é o futebol? Na tarde do último sábado, o comandante da seleção brasileira deu uma grande prova que tal ditado é mesmo bem forte.

Após o empate em 1 a 1 no tempo normal contra o Chile, no Mineirão, e da vitória por 3 a 2 contra os chilenos nas cobranças penais, Felipão ficou ainda mais forte em um dos pontos em que ele recebe mais críticas: a convocação do goleiro Julio Cesar.

No quarto jogo do Brasil no Mundial, o camisa 12 deu em campo uma grande resposta aos críticos. Defendeu dois pênaltis e foi um dos heróis da classificação brazuca às quartas de final da Copa.

“Sou criticado por convocar o Julio Cesar ou outro jogador que alguém não gosta. Esse tipo de situação é escolha do técnico. E eu faço minhas escolhas. Se erro ou acerto é minha função. Faço o que acho certo. Não tenho que dar resposta, nem o Julio (Cesar). Todo mundo tem que jogar, e se entra como titular é porque tem a confiança do treinador”, disse.

Contra tudo e contra todos, Felipão bancou a convocação de Julio Cesar, que hoje atua no Toronto FC, equipe canadense que joga à liga profissional norte Americana, a Major League Soccer (MLS). O fato de ter o seu nome criticado se dá, pois, o camisa 12 deixou à Europa, onde pouco atuava no Queens Park Rangers (ING), para jogar com mais regularidade – e se preparar para a Copa do Mundo -, em um centro de menor expressão no futebol.

Leia tudo sobre: Copa do MundoMundial 2014Julio CesarFelipão