Após serem poupados, zagueiros da França treinam neste sábado em SP

O time está confiante na vitória, mas a preocupação com a condição física dos jogadores é presente

iG Minas Gerais | Folhapress |

Poupados nesta sexta-feira (27), os zagueiros da seleção francesa de futebol Mamadou Sakho e Laurent Koscielny treinaram normalmente neste sábado (28) em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) antes de embarcar para Brasília onde enfrentam a Nigéria pelas oitavas de final do Mundial na segunda-feira (30), no estádio Mané Garrincha.

O time está confiante na vitória, mas a preocupação com a condição física dos jogadores é presente. Em entrevista coletiva neste sábado, Koscielny disse que os problemas físicos são decorrentes da grande exigência física do campeonato, mas disse que isso não atrapalhou a equipe até o momento.

"Tomamos dois gols em três jogos. Essa é a resposta que estamos dando. Fisicamente a gente sente um pouco, mas mesmo com alguns probleminhas, a gente consegue fazer o melhor para o time da França", disse o jogador.

O zagueiro ainda disse que, por causa de uma tendinite, tem sido poupado de alguns treinos para fazer um trabalho com a equipe médica.

"Tenho tendinite, que se desenvolveu há uns dois ou três meses, mas estou gerenciando. Tento não correr muito durante os treinos, descansar um pouco para os jogos", disse Koscielny. Sakho teve um problema na coxa esquerda no primeiro treino em que participou no Brasil. Na tarde de sexta, ele ficou de fora dos treinos para fazer exames. Neste sábado, enquanto a equipe fazia exercícios com bola, Sakho fez uma corrida leve no entorno do campo com uma proteção na coxa esquerda.

Na coletiva desta quinta-feira (26), o meia Morgan Schneiderlin disse que não havia nenhuma dificuldade em admitir que a França é favorita contra a Nigéria, mas disse que o jogo não seria fácil. "Vamos continuar fazendo o que temos feito. A gente sabe que a Nigéria é um adversário muito importante, que tem um jogo físico muito rápido", disse Schneiderlin.

OUTROS CASOS O zagueiro Raphaël Varane, que ficou internado em um hospital de Ribeirão Preto no domingo (22) devido a uma gastroenterite, não participou do jogo contra o Equador na quarta-feira (25). no entanto, participou dos dois treinos após o jogo.

Segundo a assessoria de imprensa da FFF (Federação Francesa de Futebol), o jogador está à disposição do técnico Didier Deschamps para o jogo contra a Nigéria.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave