Chilenos contam com energia da Toca II para superar o Brasil

Torcedores de 'La Roja' acreditam que estadia no centro de treinamentos do Cruzeiro pode fazer a diferença neste sábado

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

O fluxo de torcedores do Chile em direção ao Mineirão é grande. Trajados com a camisa ou a bandeira de seu país, e munidos de muita confiança, os aficionados de ‘La Roja’ acreditam que a equipe possa estragar a festa dos brasileiros, vencer o combinado verde-amarelo, e avançarem às quartas de final da Copa do Mundo. E para isso, contam com a energia da Toca da Raposa II.

Para muitos, o centro de treinamentos do Cruzeiro teve uma influência fundamental para a boa campanha do time, até agora. Segundo o advogado chileno Felipe Quiroz, 31, se o Chile superar a equipe canarinho neste sábado, muito se deve à forte identificação criada com a Toca II.

“Acho que tem tudo haver. Muitas seleções quiseram usar a Toca da Raposa. É um lugar muito bom. O Chile encontrou todas as condições de trabalho. O time se acostumou também ao clima. Isso pode fazer a diferença”, afirmou o torcedor de ‘La Roja’.

O fato de a seleção chilena estar ‘adaptada’ à cidade também pode ser um diferencial. “Vamos torcer para que isso tenha influência e o Chile possa vencer”, destacou.

Acompanhado dos amigos, todos bastante empolgados com o desempenho de Sánchez e companhia, Felipe prevê uma das melhores partidas desta Copa do Mundo e clama por um desfecho favorável aos chilenos.

“É uma partida muito difícil, mas estamos confiantes. A seleção chilena pode fazer um bom jogo. Creio que podemos ganhar de 1 a 0, ou 2 a 1”, opinou.

Leia tudo sobre: ChileBrasil