Motorista do TJMG é sequestrado

Vítima foi abordada no bairro Capelinha e ficou rodando com os bandidos; carro oficial foi roubado

iG Minas Gerais | JOSÉ AUGUSTO |

Sequestro aconteceu ontem no bairro Capelinha
FOTO: NELSON BATISTA / O TEMPO
Sequestro aconteceu ontem no bairro Capelinha

Um motorista de 36 anos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) passou por momentos de tensão na manhã de ontem. É que ele foi vítima de um sequestro-relâmpago no bairro Capelinha, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o motorista, que não teve o nome divulgado por motivos de segurança, estava indo abastecer o veículo, um Astra preto, quando foi abordado por dois homens, sendo que um deles estava armado, na rua Londrina.

“Os suspeitos entraram no carro e obrigaram a vítima a dirigir o veículo por cerca de 30 minutos”, confirmou um policial.

Quando chegaram próximo à Fiat, um terceiro suspeito estava à espera deles em um Uno prata.

“Ele desceu do carro em que estava, entrou no veículo que foi roubado e rodou, juntamente com os dois comparsas e a vítima, por mais 30 minutos”, completou o policial militar.

Libertado

O grupo, então, foi em direção à Via Expressa. Quando chegaram a Contagem, também na região metropolitana, os bandidos libertaram o motorista e fugiram no sentido de Betim.

Apesar do susto e dos momentos de tensão, o motorista do TJMG não foi ferido pelos autores do crime.

 

Até o fim da tarde de ontem, segundo a assessoria de imprensa do TJMG, o carro oficial ainda não havia sido localizado.

Suspeitos fugiram

 

Até a tarde de ontem os três homens que praticaram o crime não tinham sido identificados ou localizados. O caso foi encaminhado à Polícia Civil para ser investigado.    Já os moradores da rua Londrina, local onde aconteceu o sequestro-relâmpago, não quiseram comentar sobre o assunto.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave