Em recuperação, Zagallo vê jogos do Brasil em casa

Técnico do tri ficou 11 dias internado e teria direito a dois ingressos por jogo para ver a Copa

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Fernando Llano / AP
undefined

Em recuperação de uma bactéria no osso da coluna vertebral, o ex-treinador da seleção brasileira Mário Jorge Lobo Zagallo, 82, ainda não conseguiu ir aos estádios acompanhar os jogos do Brasil na Copa do Mundo.

Depois de ficar 11 dias internado no hospital Barra D'Or, no Rio de Janeiro, o único tetracampeão mundial recebeu alta para continuar fazendo o tratamento em casa. Ele continua tomando remédios para combater a bactéria que se instalou no osso da coluna vertebral.

"Ele está bem melhor e se recuperando em casa. Há seis dias não sente dor, no entanto, ainda não foi assistir aos jogos no estádio. Estamos esperando para ir na final", disse o filho de Zagallo, Mário Zagallo.

Zagallo recebeu alta no último dia seis e a expectativa era que ele assistisse ao jogo de estreia do Brasil contra a Croácia, realizado no último dia 12, no Itaquerão.

No entanto, não foi nos três jogos da seleção na primeira fase.

O ex-técnico foi convidado pela CBF e pela Fifa para ir às partidas da seleção brasileira na Copa. Ele tem direito a dois ingressos por jogo.

Com a seleção brasileira, Zagallo tornou-se bicampeão mundial como jogador em 1958 e 1962. No cargo de treinador, foi campeão em 1970 e vice em 1998. Trabalhou como coordenador técnico em 1994, na conquista do tetra, e em 2006.