Pekerman ignora Suárez e fala em 'grande prova' para a Colômbia

Após três vitórias na fase de grupos, colombianos terão o Uruguai nas oitavas de final da Copa

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

José Pekerman comanda a Colômbia e espera um bom desempenho de seus comandados na Copa do Mundo
José Pekerman comanda a Colômbia e espera um bom desempenho de seus comandados na Copa do Mundo

O técnico da Colômbia, José Pekerman, descartou nesta sexta-feira (27) que o Uruguai tenha perdido força com a suspensão do atacante Luis Suárez e classificou a partida deste sábado (28), no Maracanã, como a 'grande prova' para sua seleção.

Os colombianos passaram pela fase de grupos com 100% de aproveitamento e tentam alcançar as quartas de final da Copa do Mundo pela primeira vez em sua história.

"Será nossa grande prova. Conhecemos a experiência do nosso adversário, então será um teste importante para nós. Precisamos mostrar o quanto somos competitivos para conseguir vencer", disse Pekerman.

O comandante minimizou ainda a possibilidade de o Uruguai ter perdido força para o confronto de oitavas com o desfalque de Suárez.

Principal jogador do time bicampeão mundial, o atacante do Liverpool está fora da Copa depois de ter recebido nove jogos de suspensão pela mordida dada no zagueiro italiano Giorgio Chiellini, na última rodada da fase de classificação.

"O Uruguai sempre acredita na vitória, sempre se sentem fortes. Quando pensamos no Uruguai, pensamos na fortaleza que eles são. Será um rival muito difícil", afirmou o treinador.

"Eles têm muitos atacantes de experiência, como o Cavani e o Cebolla Rodríguez. Temos que nos manter atentos", completou o goleiro David Ospina, citando outras referências ofensivas do rival de sábado.