Sampaoli confirma Vidal e deixa Medel como dúvida para sábado

Treinador da seleção chilena preferiu não esconder sobre a condição física de seus atletas

iG Minas Gerais | FELIPE RIBEIRO E FERNANDO ALMEIDA |

Apesar da cautela, Jorge Sampaoli acredita que Chile tem tudo para vencer o Brasil neste sábado
Joao Godinho/O Tempo
Apesar da cautela, Jorge Sampaoli acredita que Chile tem tudo para vencer o Brasil neste sábado

A coletiva de imprensa do técnico do Chile, Jorge Sampaoli, começou com uma dúvida de todos os presentes: “quais as condições de jogo do zagueiro Gary Medel e do volante Arturo Vidal?”. O comandante da Roja preferiu não fazer mistério e deixou claro que o meio-campista estará entre os 11 principais, mas o defensor segue como dúvida, já que ainda sofre com dores um dia antes da partida contra o Brasil, no Mineirão.

“Ele (Medel) teve uma distensão muscular ontem (quinta-feira); vamos ver como será a evolução. E o Arturo ele está liberado para o jogo”, disse Sampaoli, dando mais detalhes da situação dos atletas na sequência.

“Se fosse hoje ele (Medel) não jogaria. Assim como o Arturo, ele tem uma personalidade forte, e isso nos faz pensar que eles podem jogar. Por mais que não esteja 100%, ele (Vidal) é muito importante. Vamos tentar até o último minuto para eles estarem em campo”, completou.

Em relação a Vidal, o treinador argentino da seleção chilena fez questão de ressaltar a força de vontade de seu atleta, principalmente pela complexa recuperação que ele precisou encarar para atuar na Copa do Mundo – Arturo Vidal passou por uma cirurgia no joelho esquerdo pouco antes do início do Mundial.

“Nós como seleção queremos que o Arturo não está nem perto dos 100%. Ele é um símbolo pela valentia, mas não sabemos o tempo que irá aguentar. Ele está fazendo um enorme esforço, com mil tratamentos. Quando colocamos na balança é claro que é melhor ter ele em campo”, finalizou.

Caso Medel não possa atuar, Sampaoli tende a acionar Francisco Silva.

Leia tudo sobre: medelvidalCopa do Mundochilebrasiloitavas de final