Para Sampaoli, Brasil sempre será seu maior clássico no mundo da bola

Treinador argentino está bem identificado com a seleção chilena, mas não esquece as raízes no momento de falar sobre a importância de confrontos com a seleção brasileira

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro e Fernando Almeida |

O técnico Jorge Sampaoli tem correndo nas veias o sangue argentino e a rivalidade com o Brasil no futebol
JOAO GODINHO / O TEMPO
O técnico Jorge Sampaoli tem correndo nas veias o sangue argentino e a rivalidade com o Brasil no futebol

Quando estiver à beira do campo, o técnico Jorge Sampaoli fará de tudo para orientar a seleção chilena em busca da vitória sobre o Brasil. Porém, por trás da postura profissional, existe também um lado passional pulsando forte à espera da derrocada brasileira.

Apesar de estar à frente da comissão técnica do Chile, Sampaoli nasceu na Argentina e conserva nas raízes a rivalidade com o Brasil no que diz respeito ao futebol. Para o treinador, o grande clássico de sua vida será sempre contra os pentacampeões.

"Pela minha natureza de ser argentino, meu clássico sempre foi contra o Brasil. A emoção de estar aqui como técnico do Chile me faz lembrar a emoção de infância. É meu clássico favorito", destacou o comandante do time de Sánchez, Vida & Cia.

Sampaoli vê sua equipe muito bem trabalhada e preparada para buscar o resultado histórico contra o Brasil neste sábado. Mas, se a classificação não for alcançada, ele quer pelo menos poder falar ao término do jogo que seus jogadores tiveram máxima doação.

"Podemos fazer uma grande partida, o Chile cresceu muito com essa mentalidade na qual hoje desenvolvem um jogo sem temor. Não garanto resultado, mas vão buscar. Não podemos entrar em espera e ver o que acontece. Precisamos entrar para a história de outra forma. O Brasil só precisa manter essa história atual", disse Sampaoli.

Leia tudo sobre: SampaoliChileBrasilArgentinaMineirãoBelo HorizonteCopa do Mundo