Presidente de time egípcio afirma ter acertado com R10

Assis Moreira afirma que não foi procurado para negociar mudança de craque atleticano

iG Minas Gerais | Da redação |

Propaganda. R10 vai fazer comercial de uma empresa na China
DENILTON DIAS / O TEMPO
Propaganda. R10 vai fazer comercial de uma empresa na China

Ronaldinho Gaúcho está de malas prontas para deixar o Atlético, segundo Mortada Mansour, presidente do clube egípcio Zamalek. Ele declarou, durante uma entrevista ao vivo para uma rede de TV local, que chegou a um acordo para contratar o craque alvinegro.

O mandatário foi enfático ao dizer que acertou todos os detalhes com o empresário do jogador e que o acordo já está acertado. “Sim, há um acordo para que venha. Ele (Ronaldinho) tem um agente, chegamos a um acordo, e ele está vindo. Eu quero deixar os fãs do Zamalek felizes”, declarou.

O presidente informou ainda como o alto salário do craque seria pago. “Publicidade. Com anúncios e vendas das camisas. E ele (Ronaldinho) receberia as receitas necessárias”, disse.

O responsável pela carreira de Ronaldo é o seu irmão, Assis Moreira, que negou a informação, disse que não foi procurado pelo presidente do clube egípcio e que só pode ser brincadeira. “Ele (Mortada) deve estar falando sobre o Ronaldo Fenômeno. Ninguém falou comigo. Isso deve ser uma piada”, disse ao GloboEsporte.com.

O próprio R10, antes do primeiro amistoso do Galo em solo chinês, deu fim às especulações de que ele vestiria a camisa alvinegra pela última vez na China e que depois sairia do clube. “Não tinha essa hipótese. Vou trabalhar, tenho contrato. Estou muito feliz, o presidente me deixa muito à vontade. Quero fazer meu trabalho benfeito para sair bem como cheguei”, afirmou.

Comercial. O craque atleticano não retorna com a delegação do Galo para o Brasil, após o último amistoso alvinegro na China, sábado, contra o Guangzhou Evergrande, em Nanning City.

R10 vai passar mais alguns dias na Ásia pois deve se tornar garoto-propaganda de uma empresa estrangeira. O irmão do craque afirmou que existe a possibilidade de o jogador permanecer por mais alguns dias em solo asiático. “Existe a possibilidade. Estamos conversando”, sintetizou Assis, ao site GloboEsporte.com.

Ronaldinho solicitou três dias de licença à diretoria do clube e ganhou autorização do diretor de futebol Eduardo Maluf. O período pedido pelo jogador é o mesmo que o restante do grupo terá de folga antes de se reapresentar para a sequência da temporada, no dia 4 de julho.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave