'Saímos de cabeça erguida', diz Cristiano Ronaldo

Craque português marcou gol no último jogo de Portugal no Mundial

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Para craque português, seleção portuguesa saiu de cabeça erguida da Copa
AP/Bernat Armangue
Para craque português, seleção portuguesa saiu de cabeça erguida da Copa

Melhor jogador do mundo, o atacante Cristiano Ronaldo bem que tentou, mas não conseguiu golear Gana com o limitado time português, em partida realizada nesta quinta-feira (26) em Brasília.

Agora eliminado, o jogador afirma que era possível o placar de 5 a 1, que seria suficiente para eliminar os americanos no saldo de gols. Mas o time de Portugal parou no 2 a 1. Cristiano Ronaldo marcou um e perdeu outros três gols.

"Tentamos ganhar, tivemos muitas oportunidades. Não foi possível, demos o nosso melhor. Sabemos que era uma tarefa complicada. Mas o que fica no final é que era possível pelo número de oportunidades que criamos ao longo do jogo. Saímos de cabeça erguida, tentamos dar o nosso melhor, mas não conseguimos", disse.

Cristiano Ronaldo foi obrigado a seguir o protocolo da Fifa, posar para foto e dar entrevista coletiva por ter sido escolhido o melhor da partida. Atrasado, ele não respondeu a perguntas da imprensa, apenas fez a declaração.

O melhor do mundo preferiu o silêncio na zona mista, caminho entre o vestiário e o ônibus no qual os atletas podem conversar com jornalistas.

Do lado de Gana, nenhum atleta quis dar entrevista. Irritado, um jornalista vaiou a atitude dos ganeses e acabou xingado por alguns atletas. Asamoah Gyan, craque do time, ameaçou voltar para bater boca com o jornalista, mas acabou desmobilizado pelos colegas de time.