PM encontrado morto com vários tiros em SP pode ter sido torturado

Rodrigo de Lucca Fonseca, 28 anos, estava severamente machucado e com várias marcas no rosto que indicam que ele pode ter sido espancado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O policial militar Rodrigo de Lucca Fonseca, de 28, que foi encontrado morto na terça-feira (24) em um terreno baldio em Suzano, na Grande São Paulo, estava severamente machucado e com várias marcas no rosto que indicam que ele pode ter sido espancado e sofrido tortura antes de morrer.

De acordo com Alexandre Batalha, delegado do 3º Distrito Policial de Mogi das Cruzes, "há suspeita" de que ele tenha sofrido tortura diante das marcas apresentadas, mas que isso só será comprovado por perícia.

Além de estar com o nariz inchado, o que o delegado atribui a possíveis socos, o corpo do soldado tinha marcas de cortes na cabeça e uma abertura na região da boca.

O policial estava desaparecido desde sexta-feira (20) quando foi abordado por dois suspeitos armados quando chegava em casa, em Mogi das Cruzes. Segundo a PM, o corpo do policial foi achado por moradores da região que acionaram a PM.

Familiares e amigos do soldado morto estão promovendo uma passeata para o próximo domingo (29).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave