‘Invasão’ da torcida do Chile serve de motivação para objetivo inédito

La Roja espera contar com a força de seus 'hinchas' para vencer a seleção brasileira no Mineirão

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Torcedores do Chile começam a aparecer em Belo Horizonte e já mostraram as caras na Toca da Raposa II
FERNANDO ALMEIDA/WEBREPÓRTER
Torcedores do Chile começam a aparecer em Belo Horizonte e já mostraram as caras na Toca da Raposa II

Somente um jogador de futebol é capaz de dizer o quanto o grito da torcida faz diferença para os que estão dando, dentro de campo, cada gota de suor pelo seu país. Para o duelo entre Brasil e Chile, no Mineirão, são esperados entre 30 mil e 40 mil chilenos em Belo Horizonte e o entusiasmo dos jogadores da Roja é visível quando o tema torcida entra em cena.

E o Chile precisará deste apoio para conseguir um feito inédito na história do confronto diante da seleção canarinho. Dos 66 embates entre as equipes, La Roja nunca venceu em solo brasileiro e tentará esse feito para acabar com a festa brasileira.

“Não será somente a torcida deles (no Mineirão); teremos a nossa que está muito confiante. Terá mais brasileiros, claro, mas a nossa torcida também estará em ótimo número e fará a diferença”, disse o ala-direita Mauricio Isla.

“Eles têm sua torcida, mas temos a nossa também; estão falando que temos uma das melhores torcida desse mundial”, completou.

O clima de decisão comentado por toda a torcida chilena também é ressaltado pelos jogadores da Roja, que apontam o pensamento positivo como um dos trunfos da equipe.

“A mentalidade vencedora nós tivemos sempre. Arturo também tem uma mentalidade ganhadora e isso contagia a equipe. O treinador também ajuda muito. É desfrutar a partida como se fosse o ultimo da nossa vida”, comentou o artilheiro Alexis Sánchez.

A partida válida pelas oitavas de final entre Brasil e Chile tem início marcado para as 13h deste sábado.

Leia tudo sobre: torcidaCopa do Mundochilebrasiloitavas de finalmineirao