"Mordida" de Suárez vira ponto turístico em Copacabana

Uma foto do uruguaio com a boca aberta em um grito permite que os turistas simulem a dentada do atacante

iG Minas Gerais | FOLHA PRESS |

Um outdoor com a imagem de Luiz Suárez virou parada obrigatória para foto na praia de Copacabana após o jogador ser suspenso por nove jogos, o que na prática o impede de participar do restante do Mundial.

Num período de cerca de meia hora, quase 30 pessoas pararam para fotografá-la.

Na foto, o uruguaio está com a boca aberta num grito, o que permite que os turistas simulem a mordida.

O torcedor uruguaio Rodolfo Brombauer, que indicou à reportagem a localização do outdoor, diz achar que a punição foi excessiva, mas não se preocupa com as chances do seu time.

Ele diz que há muita impunidade no futebol, e imagina que o jogador tenha sido provocado.

"Somos muito passionais", explica, "eu, por exemplo, briguei com a minha mulher outro dia e joguei o bolo que ela tinha feito na parede!"

Provocado por um argentino durante a entrevista no calçadão, ele gritou, em reposta: "Que nada! Suárez é só mais um!"

Os próprios argentinos parecem concordar, apesar de se divertirem com a história.

"É um louco!", diz Damián Costa, rindo. Mas acrescenta: "Eles têm muita garra. Ainda podem ganhar". "Garra foi a palavra mais usada por argentinos para descrever o time vizinho.

Miguel Alejo e Tomas Aguayo, mexicanos, pensam diferente. "Ele não podia ter feito isso. Agora prejudicou sua nação", diz Miguel.

Os amigos uruguaios Juan Alvarez e Leandro Marin não concordam, mas estão sofrendo com a punição. "É uma pena. O que mata Suárez é que ele já fez isso outras vezes. Mas temos um time forte, e o pior já passou!", diz Juan.

O outdoor é uma campanha de marketing da Adidas, fornecedora de material esportivo e um dos patrocinadores pessoais do atacante uruguaio.

Nesta quinta-feira (26), a empresa suspendeu qualquer atividade publicitária durante a Copa do Mundo com o atacante uruguaio Luis Suárez.

Leia tudo sobre: MordidaSuárezCopa do Mundo