Discretamente, imprensa norte-americana comemora classificação

Nas ruas, portal afirma que várias pessoas alegaram estarem doentes para faltar de trabalho e acompanhar o jogo contra os alemães

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

The New York Times destacou que EUA precisou de Portugal para se classificar e já projetou confronto com a Bélgica
Reprodução
The New York Times destacou que EUA precisou de Portugal para se classificar e já projetou confronto com a Bélgica

Após a derrota para a Alemanha por 1 a 0, os Estados Unidos conseguiram a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo. Terminaram com quatro pontos, na segunda colocação do Grupo G. No entanto, o resultado diante dos alemães 'esfriou um pouco' as manchetes dos portais do país norte-americano. 

Na maioria dos sites, os títulos se assemelhavam. Destacavam que o time de Jürgen Klinsmann se classificou apesar da derrota na Arena Pernambuco, na tarde desta quinta-feira.

Como é o caso do ESPN: "EUA avança apesar da derrota". Outro que seguiu a mesma linha foi o The New York Times: "EUA avança com ajuda de Portugal". O portal também destacou que a Bélgica deve ser a adversária nas oitavas. 

Já o NBC Sports não gostou da atuação do time e preferiu um tom de cobrança: "Mudanças de qualquer maneira". 

Destaque para a reportagem do portal Foxsports, que mostrou o grande número de pessoas que faltou aos empregos para ir às ruas e assistir ao jogo contra a seleção europeia. 

Leia tudo sobre: EUAclassificaçãooitavas de finaljornaissitesfestaderrotaEstados UnidosAlemanhaCopa do Mundo