Técnico de Honduras anuncia saída e pede emprego durante coletiva

Seleção hondurenha perdeu por 3 a 0 para a Suíça, em duelo disputado na Arena Amazônia

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Minutos após ver seu time sofrer a terceira derrota neste Mundial, o técnico de Honduras, Luis Suárez, anunciou sua saída do comando da equipe. Nesta quarta (25), os hondurenhos caíram para a Suíça por 3 a 0 na Arena Amazônia.

"Peço desculpas, eu tinha uma ilusão grande em relação a esta copa. Vou seguir meu caminho, mas sempre serei um torcedor de Honduras", comentou. "Há cinco minutos eu tomei minha decisão [de deixar a seleção]."

Suárez, que é colombiano e está à frente de Honduras desde 2011, lamentou a falta de intensidade de sua equipe, principalmente no primeiro tempo. "A gente precisava impor o ritmo. Criamos chances no segundo tempo, mas faltou futebol", avaliou.

Incrédulos, os jornalistas de Honduras que acompanharam a entrevista coletiva em Manaus passaram a pedir mais detalhes sobre o repentino anúncio de Suárez.

"Não se trata exatamente de uma demissão. Meu contrato diz apenas que, quando a participação de Honduras na Copa acabasse, era o fim. E então a gente teria que pensar em um novo contrato. Hoje acaba meu contrato e, unilateralmente, tomo a decisão de não continuar", afirmou.

"Espero que a participação na Copa tenha algum significado. Espero que lembrem de mim com carinho, sempre vou lembrar de Honduras com carinho. Vou embora tranquilo, não foi um fracasso", declarou.

No fim, brincou quando questionado se já tinha outro emprego em mente. "Não, eu adoraria ter outro emprego, mas vou ter que começar a procurar. Espero que alguém olhe para mim. Olhem para mim!", disse, balançando os braços.