Total de cubanos que abandonou Mais Médicos sobe para 17

Alguns dos esrtangeiros que deixaram o programa conseguiram um visto especial para viajarem aos Estados Unidos e atuarem em profissão correlata

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O número de profissionais cubanos que abandonaram o programa federal Mais Médicos subiu para 17, sendo que os dez últimos casos foram oficializados pelo Ministério da Saúde nas últimas três semanas.

Os médicos que vieram ao país pelo acordo com Cuba abarcam cerca de 80% das mais de 14 mil vagas preenchidas pelo Mais Médicos.

O cancelamento da autorização para atuação dos três médicos cubanos e de um intercambista de outra nacionalidade que se inscreveu diretamente no programa foi publicado no "Diário Oficial" da União desta quarta-feira (25).

Alguns dos cubanos que deixaram o programa conseguiram um visto especial para viajarem aos Estados Unidos e atuarem em profissão correlata.

Pelo Mais Médicos, os profissionais cubanos começaram a atuar no Brasil em meados de setembro de 2013.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave