Empresário vende uma tonelada de tambaqui na Arena Amazônia

Prato tem feito sucesso entre os gringos que acompanham os jogos no estado do norte brasileiro

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Arena Amazônia receberá quatro jogos durante a Copa do Mundo de 2014
Divulgação
Arena Amazônia receberá quatro jogos durante a Copa do Mundo de 2014

Entre os sanduíches congelados ou o saco de pipoca, o torcedor que acompanhou um dos quatro jogos na Arena Amazônia, em Manaus, pode encontrar um prato diferente dentro do estádio: a versão amazonense do "fish and chips" (peixe e batata) britânico.

Mário Valle, dono de um restaurante na cidade, vendeu a ideia e a Fifa comprou. Por R$ 13, o torcedor pode experimentar uma porção de 150 gramas de peixe empanado com batata frita. A diferença está na espécie utilizada no preparo: o tambaqui, um dos peixes mais consumidos no Amazonas.

Ele conta que a ideia surgiu em uma viagem pela Europa. Ao provar do prato, pensou em adaptar para a comida regional da Amazônia. Além de Manaus, apenas Belo Horizonte, Recife, Rio e Salvador possuem pratos típicos regionais nos jogos desta Copa.

"A ideia era fazer algo prático, para que o torcedor possa comer de pé, andando. Por isso é servido em cones. A aceitação tem sido ótima", diz o empresário.

Até a partida entre EUA x Portugal, conta, uma tonelada do peixe já havia sido comercializada. A expectativa até o jogo desta quarta (25) entre Honduras e Suíça é que o total chegue a 1,2 tonelada.

Leia tudo sobre: TambaquiArena AmazôniaManausCopa do Mundouma toneladacomércioFifacomerciante