Vimos uma Argentina melhor, diz Messi

Apesar do placar apertado, meia argentino gostou da postura do grupo diante dos africanos

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Camisa 10 argentino marcou dois gols na vitória sobre a Nigéria, em Porto Alegre, por 3 a 2
Reprodução Facebook
Camisa 10 argentino marcou dois gols na vitória sobre a Nigéria, em Porto Alegre, por 3 a 2

O atacante Lionel Messi disse que a Argentina melhorou seu desempenho no jogo contra a Nigéria, nesta quarta-feira (25), e que o técnico Alejandro Sabella havia combinado de tirá-lo durante a partida.

Eleito o destaque do jogo, Messi fez dois gols na vitória por 3 a 2 e chegou a quatro na artilharia do Mundial -empatou com o brasileiro Neymar.

"Estou feliz pelo grupo, pelo que jogamos hoje. Jogamos como uma equipe, que joga muito bem, e que se deixar espaço, pode fazer o que fez. Creio que hoje se viu uma Argentina melhor", afirmou.

Messi disse que o treinador havia avisado que iria tirá-lo do jogo mais cedo, mas afirmou que "está bem". Ele citou que o time vinha de uma sequência de partidas -nesta Copa, já jogou contra Bósnia e Irã- e que agora terá mais dias livres.

O próximo jogo será na próxima terça-feira (1º), contra o segundo colocado do Grupo E, que conta com França, Suíça, Equador e Honduras.

Sabella, em entrevista, afirmou que era preciso fazer o craque "descansar" e poupá-lo de mais 30 minutos de jogo.

Ao ser questionado sobre a sua motivação para o título, ele respondeu: "Não há coisa mais linda do que ser campeão do mundo. Conseguir isso com a seleção seria uma alegria muito grande, seria incrível".

Leia tudo sobre: MessiCopa do mundoargentinafutebolNigériaBeira-Riocamisa 10craque