TSE autoriza prefeito cassado de Araxá a retornar ao cargo

Jeová Moreira da Costa (PDT) e sua vice, Edna de Fátima e Castro (PSDB), foram acusados de doar materiais de construção em troca de votos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

RODRIGO CLEMENTE - 18.1.2010
undefined

O prefeito e a vice do município de Araxá, que haviam sido cassados, foram autorizados, nesta quarta-feira (25), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a retornarem aos cargos. Jeová Moreira da Costa (PDT) e Edna de Fátima e Castro (PSDB) conseguiram as liminares necessárias nos processos que correm na última quarta (18).

Apesar disso, o cartório de Araxá ainda precisa ser comunicado oficialmente para que os procedimentos para que a dupla retorne à Prefeitura da cidade. Com isso, o atual prefeito interino será retirado do cargo e voltará ao comando da Câmara Municipal.

Jeová Moreira da Costa e Edna de Fátima Alves e Castro, tiveram os mandatos cassados, no final do ano passado, por abuso de poder econômico na eleição municipal de 2012. Eles são acusados de doar materiais de construção em troca de votos.

O juiz eleitoral Rodrigo da Fonseca Caríssimo, na época, havia proposto que cada um do envolvidos deveria pagar multa R$ 20 mil. Ele ainda ordenou que os segundos colocados na eleição municipal de 2012 fossem empossados.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave