Após receber transplante de coração, Arthur já conversa com a família

Segundo madrasta, a primeira coisa que garoto fez ao acordar foi perguntar pelo pai

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

O adolescente Arhtur Senna, de 16 anos, que recebeu um transplante de coração em Belo Horizonte, já respira sem a ajuda de aparelhos e conversa com a família. A informação foi divulgada no fim da manhã desta quarta-feira (25) pela madrasta do menor.

De acordo com Ana Carolina Oliveira, 40, o garoto está consciente e reage bem ao tratamento. “A primeira coisa que o Arthur fez foi perguntar pelo pai. Ele está muito feliz e disse que não sente dores”, comemorou Ana Carolina.

O estudante segue internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital das Clínicas de Belo Horizonte e ainda não há previsão de alta.

A cirurgia de Arthur começou no fim da noite dessa segunda-feira (23) e terminou na madrugada dessa terça-feira (24). 

Para tentar encontrar um doador, a família do jovem fez uma campanha nas redes sociais.

As informações sobre o doador são mantidas em sigilo. Segundo a coordenadora do Programa de Transplantes do Coração do hospital, a cardiologista Maria da Consolação Vieira Moreira, o doador seria uma pessoa na faixa dos 30 anos.

A família soube ainda que o doador seria de Minas e teria sido atendido no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave