Goleiro da Costa Rica relembra momentos difíceis e celebra sucesso

De reserva à condição de melhor arqueiro do Campeonato Espanhol, Keylor Navas precisou superar turbulências para brilhar

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Keylor Navas foi eleito pela Fifa o melhor jogador no empate sem gols com a Inglaterra
FACEBOOK/PÁGINA OFICIA/REPRODUÇÃO
Keylor Navas foi eleito pela Fifa o melhor jogador no empate sem gols com a Inglaterra

O sucesso da seleção costa-riquenha, classificada na primeira posição do ‘grupo da morte’, passa pelas mãos do goleiro Keylor Navas. Aos 27 anos, o jogador vive um momento iluminado na carreira. Eleito o melhor arqueiro da temporada 2013/2014 do Campeonato Espanhol, Navas vem se destacando no Mundial com grandes defesas e também pelo espírito de liderança dentro das quatro linhas. Mas a carreira do costa-riquenho nem sempre foi um mar de rosas.

Contratado pelo Levante em 2012, o jogador foi aos poucos ganhando espaço na concorrida liga espanhola. Em pouco mais de um ano, ele deixou a condição de reserva no clube granote para ser o titular absoluto.

"Na vida temos obstáculos e momentos difíceis. Mas muita gente sabe que eu não iria baixar os braços, me dar por vencido. Hoje vivo um dos melhores momentos da carreira porque trabalhei forte e com muita seriedade para isso. Agora, com humildade, preciso seguir por este mesmo caminho”, afirma Nava, que apontou a família como base de sua perseverança nos momentos de adversidade.

“Na vida, nós temos pilares. Tenho que agradecer minha família, esposa, amigos que me ajudam muito em todos os momentos. Eles me fazem trabalhar, me esforçar para lutar pelos meus sonhos. Estas pessoas me mantêm com esta fome e vontade de vencer todos os dias”, concluiu o arqueiro.