Ex-aliado de Campos, Ciro Gomes diz ter 'nojo' do discurso de Marina

Após o PSB romper com o governo Dilma Rousseff e decidir ter nome próprio ao Palácio do Planalto, ele e seu irmão Cid Gomes deixaram o partido e se filiaram ao Pros

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Charles Silva duarte - 27.03.2009
undefined

Ex-correligionário do pré-candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB), o ex-ministro Ciro Gomes, hoje no Pros, afirmou nesta terça-feira (24) ter "nojo" e "pavor" do discurso "simpatiquinho, mas mentiroso" de Marina Silva, candidata a vice na chapa de Campos.

Após o PSB romper com o governo Dilma Rousseff e decidir ter nome próprio ao Palácio do Planalto, Ciro e seu irmão Cid Gomes deixaram o partido e se filiaram ao Pros.

"Tenho pavor de ver a superficialidade irresponsável com que a Marina trata todos os assuntos do Brasil", discursou Ciro durante a convenção do Pros que oficializará o apoio à reeleição de Dilma.

"Diante de uma admiração de importante pedaço da sociedade brasileira, os artistas, os intelectuais, a Marina desconsidera que o agronegócio brasileiro paga a conta do nosso país. Tenho nojo desse tipo de discurso, que é 'simpatiquinho', mas é mentira", completou.

Ligada à área ambiental, Marina é vista por setores do agronegócio como adversária de seus interesses. A convenção do Pros está sendo realizada no auditório Petrônio Portela, no Senado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave