Godín marca e Uruguai manda a Itália para casa

Duelo foi marcado pela expulsão de Marchisio no segundo tempo, determinando a inferioridade italiana em Natal

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Itália e Uruguai jogam na Arena das Dunas
Hassan Ammar/AP
Itália e Uruguai jogam na Arena das Dunas

Campeão da Copa do Mundo de 1950 no Brasil, o Uruguai conseguiu uma emocionante vitória por 1 a 0 sobre a Itália nesta terça-feira (24), na Arena das Dunas, em Natal, pela última rodada do Grupo D, e se classificou para as oitavas de final. Donos de quatro títulos mundiais, os italianos caíram na primeira fase pela segunda vez consecutiva. O gol foi do zagueiro Godín, herói do título espanhol do Atlético de Madri na recém encerrada temporada e autor de outro tento na final da Liga dos Campeões da Europa. O tento foi marcado aos 36 min do segundo tempo, após cobrança de escanteio. Os italianos, que jogavam pelo empate, ficaram com um atleta a menos aos 13 min do segundo tempo, quando o volante Marchisio, que tinha a bola dominada, deu uma solada em Arévalo Ríos e foi expulso. A Costa Rica, que já havia garantido uma das duas vagas, ficou com a liderança do chamado grupo da morte, após 0 a 0 com a antecipadamente eliminada Inglaterra nesta terça. Os costa-riquenhos vão enfrentar o segundo colocado do Grupo C, formado por Colômbia, Costa do Marfim, Grécia e Japão. Os uruguaios pegarão o líder dessa chave. ITÁLIA Buffon; Barzagli, Bonucci, Chiellini e Darmian; Verratti (Thiago Motta), Pirlo, Marchisio e De Sciglio; Immobile (Cassano) e Balotelli (Parollo). T.: Cesare Prandelli URUGUAI Muslera; Cáceres, Giménez, Godín e A. Pereira (Stuani); A. Ríos, González, Rodríguez (Ramírez) e Lodeiro (M. Pereira); Cavani e Suárez. T.: Óscar Tabárez Estádio: Arena das Dunas, em Natal Árbitro: Marco Rodriguez (México) Gol: Godín, aos 36 min do 2º tempo Cartões amarelos: De Sciglio, Balotelli (I), Muslera e González (U) Cartão vermelho: Marchisio (I)