Polícia procura trio suspeito de matar adolescente em Lagoa da Prata

Mãe disse que homens confessaram o crime, mas o corpo ainda não foi localizado; segundo ela, filho foi morto após não conseguir matar um homem a pedido de um criminoso

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil de Lagoa da Prata, na região Centro-Oeste do Estado, está à procura de três homens que teriam matado um adolescente de 17 anos. O crime aconteceu em março deste ano, mas o corpo ainda não foi encontrado.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, José Márcio da Silva, Pedro Henrique Eduardo Abrão desapareceu no dia 29 de março. Ele foi visto pela última vez na garupa de uma motocicleta de um homem identificado como Célio Aparecido de Carvalho Júnior, conhecido pelo apelido de "Juninho Cegão". O suspeito e os comparsas, Anderson Rodrigues dos Santos, o "Tiquinho" e Rafael Santos Lima, o "Corneta", teriam levado o menor para uma zona rural conhecida como Lagoa Verde.

Ainda segundo o delegado, a prisão temporária do trio já foi decretada pela Justiça. Abrão já seria conhecido na cidade por envolvimento com o tráfico de drogas e crimes a patrimônio.

A mãe da vítima acredita que o homicídio tenha sido motivado por vingança. "No Carnaval, o Cegão tinha mandado meu filho matar um outro homem, mas ele não conseguiu. Ele saiu para entregar uma blusa de frio para o amigo e não voltou mais para casa", desabafou Silvânia Gomes Monteiro, de 42 anos.

Segundo a mulher, após o crime, o trio fugiu, mas já voltou ao município e teria confessado o crime para algumas pessoas.

"Eu só quero que eles falem onde deixaram o corpo do meu filho e paguem pelo que fizeram", finalizou a mãe.

Quem tiver alguma informação pode entrar em contato pelo telefone 181. O denunciante não precisa se identificar. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave